Aprenda a proteger o seu certificado digital A1

Você sabia que é preciso fazer um backup do seu certificado digital A1 assim que ele for instalado no seu computador? E que seu documento eletrônico pode ser copiado?

Hoje, se podemos fechar contratos entre empresas de forma eletrônica, assinar documentos digitalmente com validade jurídica, realizar transações bancárias e emitir nota fiscal eletrônica (NF-e) com mais segurança, é graças ao certificado digital. Essa ferramenta surgiu para tornar as transações virtuais entre pessoas físicas e jurídicas mais rápidas, descomplicadas e seguras.

No entanto, para que o usuário possa desfrutar das vantagens do documento eletrônico, é preciso tomar certos cuidados com a sua utilização. Práticas seguras de uso devem ser adotadas cotidianamente, a fim de evitar problemas para o seu negócio. 

Neste artigo, mostraremos os riscos com a ferramenta, os cuidados que você deve ter com o seu certificado digital do tipo A1 e como emiti-lo. Confira!

Riscos com o certificado digital A1

Como dissemos, para ter segurança no uso do certificado digital A1, é preciso se atentar para alguns cuidados durante a sua utilização. Caso contrário, o documento pode estar sujeito a certos riscos.

Certificado digital copiado

O certificado digital tipo A1 funciona como um arquivo e precisa ser instalado em um computador, tablet ou celular. Por ser um arquivo, alguém pode copiá-lo sem o seu consentimento. Neste caso, se a pessoa tiver acesso à sua senha, ela poderá usar o seu certificado digital para fechar contratos, negócios ou até realizar transações bancárias no seu nome, sem a sua autorização.

Há ainda a possibilidade de usá-lo para divulgar informações enganosas aos órgãos regulatórios e tributários sobre a empresa, o que pode causar sérios problemas jurídicos. 

Perda do documento eletrônico

Apesar de ser armazenado no computador, celular ou tablet, o documento eletrônico do tipo A1 ainda pode ser perdido com todas as informações contidas nele. Afinal, esses dispositivos dos quais estamos habituados são passíveis de falhas e problemas técnicos.

Se isso acontecer e o usuário não tiver realizado o backup do seu certificado, ele pode solicitar a revogação imediata e, posteriormente, emitir outro documento. 

Inutilização do certificado digital

O certificado digital A1 também pode ser inutilizado em duas situações: quando a chave primária de segurança é apagada e quando ele é formatado, sem que seja realizada uma cópia de segurança.

Nesse caso, é necessário solicitar a emissão de um novo certificado. 

Cuidados que você deve ter com o seu certificado digital A1

Para evitar que problemas como esses aconteçam, é importante que, além de se informar sobre o uso correto da certificação digital, as empresas adotem práticas seguras de utilização da ferramenta. Confira alguns cuidados que você deve ter com o seu certificado digital A1.  

Elabore uma senha forte

A proteção do seu certificado digital deve começar com a senha de acesso. Como em aplicativos para celular, cadastros em sites e bancos, é fundamental criar uma senha forte para manter seguras suas informações pessoais. O mesmo deve ser feito com o documento eletrônico.

Junto com a tecnologia, novas técnicas de ataques cibernéticos surgem e evoluem a cada dia. Por isso, o ideal é elaborar combinações de letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos. Evite sequências com palavras que tenham relação com a sua personalidade ou com alguma informação básica sobre você, como data de nascimento, telefone e outros. 

Lembre-se de fazer backup

O backup é uma etapa obrigatória para todos os usuários de certificado digital. O modelo A1, por ser instalado direto no desktop, pode ser facilmente confundido com outros arquivos e excluído sem que você perceba.

Para que você não o perca e nem as informações contidas nele, faça o backup do seu certificado A1 em um pen drive, CD ou salve-o na nuvem, no momento em que instalá-lo no computador. 

Evite usar a senha do certificado digital em dispositivos compartilhados

Uma das vantagens do certificado digital A1 é que ele pode ser usado em computadores, celulares e tablets, o que gera maior mobilidade aos usuários.

No entanto, para evitar que o documento seja clonado ou violado, recomenda-se que ele não seja armazenado e usado em dispositivos compartilhados. Isso porque a senha fica registrada no aparelho e pode ser utilizada posteriormente de forma indevida. 

Fique atento à renovação do certificado digital

Essa também é uma etapa fundamental para os usuários que adotam a certificação digital. Como já mencionamos, a renovação é o processo em que o titular requisita um novo certificado após o seu vencimento. No caso do modelo A1, após um ano.

Depois desse período, se ele não for renovado, todas as suas funcionalidades deixam de ter legalidade jurídica.

Por isso, é preciso ficar atento ao seu prazo de validade e requisitar a renovação, antes mesmo de o período de um ano acabar. 

Como obter um certificado digital A1

Se você ainda não tem ou deseja renovar o seu certificado digital do tipo A1, saiba que o processo para adquiri-lo é simples e rápido.

Você pode escolher entre fazer a emissão ou renovação do seu certificado presencialmente, de forma on-line pelo nosso site ou por videoconferência. 

Com o seu certificado digital A1 em mãos, não se esqueça de seguir as nossas dicas para protegê-lo e aproveitar os seus benefícios. 

Leave A Comment